Tutorial Biônicos: Kraakdoos, o Corpo Circuito

postado em: Blog, Processos | 0

Montagem do  KRAAKDOOSS, o corpo circuito

 

A expressão Circuit Bending  remete-se a customização criativa dos circuitos, principalmente de dispositivos eletrônicos de baixa tensão (alimentados por bateria), muitas vezes utilizando efeitos de guitarra ,  brinquedos de criança e sintetizadores digitais para a criação de novos instrumentos musicais e visuais (ou geradores de som como no caso de hoje).

Enfatizando a espontaneidade e a aleatoriedade, as técnicas de circuit bending têm sido comumente associadas as música de ruído , apesar de muitos grupos musicais e músicos contemporâneos já  utilizarem-se de experiência com circuitos “dobrados” (circuit bend). Circuito de dobragem geralmente envolve o desmantelamento da máquina e a adição de componentes, tais como interruptores e potenciômetros, que alteram o circuito.

 

O “corpo circuito” é uma pequena caixa com seis contatos de metal na parte superior, que, quando pressionado pelos dedos irá gerar todos os tipos de sons e tons incomuns a partir da resistência elétrica dos indivíduos em contato. O corpo humano torna-se uma parte do circuito e determina a gama de sons possíveis – pessoas diferentes irão produzir resultados diferentes.

 

 

Escolhemos dar inicio a nossa serie por esse projeto porque apesar de ser um circuito de simples montagem e pouquíssimas peças, ele é de uma capacidade extremamente envolvente e expansiva. Esperamos que gostem!

 

              KRAAKDOOSS, o corpo circuito
* clique aqui caso queira baixar o processo de montagem

.

“O corpo humano torna-se uma parte do circuito pelo toque e determina a gama de sons possíveis – pessoas diferentes irão produzir resultados diferentes.”

 

                        

           Acima, exemplo de uma amigável interface.

      Abaixo, testes com frutas e diferentes interfaces.

.

esse é o esquema que vamos seguir:

.

LISTA DE COMPONENTES:

integrado Lm386 ( clique pra ver o datasheet)

– autofalante 8ohms ou 0,4watts (piezo)

capacitor 220mF

– capacitor 10mF

resistor 10ohms

– plug de bateria

bateria 9v

– chave on/off (não é tão necessária)

.

INSTRUÇÕES:

Passo 1:

vamos começar pelo negativo do conector da bateria ligado à perna 2 do integrado LM386
(assim podemos observar o percurso da corrente a partir da bateria):

 

 

 

 

Passo 2:

interruptor  no fio positivo do conector da bateria permite ou não a passagem da corrente da bateria pro circuito:

.

 

Passo 3:

a corrente segue o fio positivo do conector da bateria e passa pelo nosso resistor

que está conectado na perna 6 do LM386:

 

 

Passo 4:

nosso piezo entra na jogada (negativo na perna 6 do integrado):

o positivo vai para fora da área de contato do integrado (vai entrar um capacitor nele):

Passo 5:

entra o nosso primeiro capacitor. cuidado para não inverter sua polaridade:

 

Passo 6:

 

começam a entrar nossos primeiros contatos (nesse caso, fios verdes)

 

 

(e laranjas)

Passo 7:

 

entra o nosso segundo capacitor:

Passo 8:

repare que entrou um pequeno jumper preto ligando o terra do negativo da bateria (e a perna 2 do integrado) à perna 6 do integrado.

Passo 9:

 

 

 

ESTÁ PRONTO NOSSO APARELHO!

 

.

Em breve mostraremos como esse simples circuito pode se expandir ainda mais estando conectado à um arduinocomo na foto seguinte:

 

 

Bem, por enquanto é isso.

Esperamos que tenham gostado!

 

 

atenciosamente, Equipe Biônicos – NANO/UFRJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *