Corpos expansivos : vídeo um

postado em: Blog, Videos | 1

O vídeo um é o primeiro de uma série de experimentos audiovisuais com o projeto corpos expansivos, com a ideias de transformação do eu e os ”múltiplos-eus” e as questões iniciais que acompanham toda a pesquisa (qual o mínimo para se tornar outro e qual o máximo para permanecer o mesmo) o vídeo se passa em um ambiente similar a um laboratório, frio e mostra texturas pulsantes em superzoom, além da trilha sonora tensa.

Esse primeiro vídeo foi pensado para o ato de comer-transformar e os próximos seguem essa linha, como respirar-transformar, circular-transformar, ver-transformar, e por ai vai, sugerindo a transformação constante do ser humano, coletiva e individual.

O vídeo foi gravado no laticínio da fazenda em que ocorreu o SPA (Abril 2018), Imersão artística da matéria seminário de pesquisa em andamento do PPGAV, com os professores Malu Fragoso e Guto Nóbrega, coordenadores do NANO. Teve o auxílio da Alana Santos na produção, de Bruna Werneck como performer e a trilha sonora do vídeo é foi gravada e produzida pela Stephanie Doyle, todas bolsistas do NANO na época, o briefing/inspiração para a trilha sonora foi o album Space is only noise do Nicolas Jaar.

A versão a seguir é a segunda edição do vídeo um, a mesma em que foi apresentada na exposição coletiva DISSECADAS em junho de 2018 na Marquês 456 (rj), no evento Comuna Intergalática em setembro de 2018 no planetário do Ibirapuera (sp) e na jornada de iniciação científica (JIC) em outubro de 2018. A primeira versão foi apresentada no evento HIPERORGÂNICOS 8, em maio de 2018 no MAST. 

imagem do making off por Alana Santos

Referência da pesquisa sobre extensões do corpo – Lucy McRae

postado em: Blog, Referências | 0

Lucy McRae se auto-denomina arquiteta do corpo e artista sci-fi. Ela coloca o corpo humano em cenários e ambientes futuristas e extraordinários, de maneira que nos deixa sem saber se aquilo já é uma ferramenta do futuro ou só a especulação e instigação da artista. Me encanta e inspira ela conseguir fazer o espectador confundir o real com o artificial e a questionar os limites do corpo.

A primeira coisa que me chamou atenção nela foi o efeito que ela consegue produzir com coisas tão simples: Balões, rolo papel, luvas, cotonete, e uma infinidade de objetos banais que ela transforma em novos corpos. Essa ideia de objetos de fácil alcance me inspira muito para produção dos experimentos, tanto que o primeiro material que utilizo é o rolo de papel.

Alguns trabalhos de foto com o corpo:

Rolo de papel
Rolo de papel

 

Luvas de plástico
Luvas de plástico

 

Lucy mcrae5
Balões de festa

 

lucy mcrae4

 

lucy mcrae2    lucy mcrae

 

Os vídeos são parte importante no trabalho de Lucy. Muito bem produzidos, conseguem nos levar longe. Trilha sonora, direção de arte, iluminação, câmera, atuação.. é tudo muito bem feito. Alguns dos vídeos:

  1. Make Your Maker – produção em que Lucy sugere a clonagem humana como fonte de alimento.

2. Astronaut Aerobics – “Astronauts Aerobic Institute é uma organização fictícia que prepara o corpo para viajar ao espaço” (site oficial Lucy McRae, tradução por mim) É um estudo dos efeitos no corpo ao estar sob efeito do vácuo e gravidade 0.

 

Site: https://www.lucymcrae.net