Proposta de pesquisa: OCTOPUS

postado em: Blog | 0
LARANJA E PRETO 2
experimento nanquim 1

 

Octopus é uma pesquisa artística a fim de explorar as sensações humanas através de três sentidos: visão, audição e tato. A ideia foi inspirada nos vídeos ASMR (Autonomous Sensory Meridian Response), um estilo de vídeo que tem o propósito de relaxar o usuário, proporcionando uma espécie de “massagem cerebral”. Essa sensação acontece por conta de um processo sinestésico, onde o ator do vídeo executa gatilhos sonoros e visuais para tal fim.

Partindo das perguntas: Até onde vai a subjetividade? Até onde somos influenciados por fatores externos? E, até onde nós influenciamos o ambiente ao redor?; A intenção da pesquisa é evidenciar as relações entre indivíduo e espaço a partir do ponto de vista cognitivo. (Lê-se espaço no sentido de espaço físico e a relação entre indivíduos).

Para tal, foi optado por escolher uma temática que ilustra toda a ideia. Foi escolhido a água e o polvo, pois os dois elementos carregam consigo simbolismos que dialogam diretamente com a proposta da pesquisa. Como o conceito principal é explorar esse efeito de ação-reação, neste contexto, o polvo e a água simbolizam a indivíduo e o espaço respectivamente. A Intenção é fazer com que os dois elementos tomem o mesmo significado em essência: mutabilidade, maleabilidade e fluidez; O que enfatiza o condição osmótica das relações.

O objetivo é chegar a um resultado imersivo, no sentido de que haja interação entre os usuários, seja através de performance, ou de um objeto que possibilite esta interação. Para isso, a pesquisa acontecerá de forma experimental até tomar uma forma delineada. De início, foram pensadas três experiências relacionadas aos sentidos escolhidos, todas elas com o objetivo de explorar gatilhos de outras sensações além do relaxamento:

.

Piezos (som) : fazer captador de som com os piezos, estudar piezos como sensores;
Tinta (visão): filmar nanquim na água; produção de imagens;
Toque (tato): experimentos filmados.

.

Deixe uma resposta