Walmeri Ribeiro (UFF)

Título: Territórios Sensíveis: Corpo + Performance + Media Art

Resumo

No final da década de 80, Félix Guattari, em seu livro “Le trois Ecologies”, nos alertou que a verdadeira resposta à uma crise ecológica estaria diretamente relacionada a uma revolução política, social e cultural. No entanto, trilhamos caminhos bastante distintos e, hoje, discutimos a chamada Era do Antropoceno ou Pós-Antropoceno, o que para alguns pesquisadores e artistas, como a americana Joanna Zylinska, trata-se de uma crise da cultura e, portanto, da imaginação. Diante deste contexto, essa proposta, dialoga com as questões em torno do conceito de Antropoceno, estendendo-o para o campo das artes e das relações entre artes e tecnociências, sobretudo, Performance e Media Art, ao apresentar as investigações-criações performativas realizadas ao longo dos últimos três anos no projeto Territórios Sensíveis. Abordaremos nesta apresentação os conceitos de Performance (R. Schechner, E. Fischer-Lichte, R. Cohen), Performance como pesquisa-criação (A. Arlander; B. Hardley), Experiência (B. Massumi; E. Manning) e Sensorialidade (D. Domingues).

Short Bio

Artista-pesquisadora. Pós-doutora pelo departamento de Fine Arts, Concordia University, Canadá, Doutora em Comunicação e Semiótica| PUC-SP e mestre em Artes|UNICAMP. Walmeri Ribeiro, é professora do Departamento de Artes e Estudos Culturais|RAE, na área de estudos culturais e artes do corpo|Performance, e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena- ECO|UFRJ. Coordenadora do Laboratório de pesquisa-criação BrisaLAB (certificado pelo CNPQ). Autora do livro “Poéticas do ator no cinema brasileiro” (Intermeios: 2014 e co-organizadora dos livros "Das artes e seus territórios sensíveis (intermeios, 2014) e Das artes e seus percursos sensíveis (Intermeios, 2015).