SNCT – Corpo Homem Corpo Planta

postado em: Blog | 0

Durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia realizada pela UFRJ com o tema: Corpo em Foco: A ciência e a ressignificação do ser, de 22 de outubro a 25 de outubro no pátio do prédio da Reitoria, o laboratório NANO em parceria com o Instituto de Bioquímica médica sob a coordenação da professora Adriana Hemerly, apresenta a instalação: Corpo Homem Corpo Planta, que visa promover a reflexão sobre as relações entre o homem, a natureza e tecnologia sob pontos de vista poéticos e éticos.

Nessa instalação, como mostram as fotos, temos um circuito para medir a condutividade nas folhas de plantas (batizado de plantrônic), assim como a temperatura, umidade e luz ambiente. Esse circuito é ligado a um microcontrolador do tipo Arduino. A partir do estado fisiológico da planta variações de condutividade ocorrem. Essas variações são amplificadas, analisadas pelo o Arduino e enviadas ao Processing, transformando esses dados em visualização,  através da programação desenvolvida pela Bárbara Castro com uso de Processing e Kinect.

Ao entrarmos em contato com a planta de alguma forma o Kinect capta nossos movimentos, que, através de todo o processo explicado acima, é transformado em visualização,  proporcionando uma experiência interativa e única aos visitantes.

Kokedama – Onde o vaso é feito de musgo

postado em: Processos | 0

Kokedama é um tipo de bonsai, também chamado de String Garden, onde o vaso é o musgo e a própria terra que segura as raízes.O termo Kokedama quer dizer uma bola (dama) de musgo (koke). Qualquer tipo de planta pode crescer num Kokedama, porém se dá preferência para aquelas que são adequadas para pouca luminosidade, por exemplo : samambaias pequenas,grama,flores violetas,etc.O kokedama pode receber luz de sol, porém deve ser molhada diariamente (preferencialmente pela manhã). Se pendurá-lo, use um spray para molhar, já se colocar num suporte cuide para não molhar em excesso, pois não há drenagem.

 

 

kokedama picture

-Materiais Necessários:

  •  Mudas pequenas
  • Terra de bonsai,turfa ou akedama
  • Musgo seco ou musgo esfagno ressecado e musgo vivo
  • Fio de algodão ou barbante de algodão cru e linha de algodão verde.

-Como fazer:

  •  Misturar partes de turfa (ou akedama) e terra de bonsai na proporção de 7 partes de turfa para 3 de terra de bonsai.Adicione água aos poucos para formar uma pasta não muito úmida,porém que não quebre ao ser moldada.
  • Modele com a pasta de terra,bolas não muito grandes mas que sejam suficientes para abrigar as mudas. Reseve.
  • Prepare as mudas retirando o máximo de terra do entorno das raízes.Tenha cuidado pois as raízes ficarão aparentes.
  • Envolva as raízes com musgo seco (pois funcionará como hidratante,mantendo as raízes úmidas) e amarre sem apertar com o barbante de algodão cru.
  • Pegue as bolas de terra reservadas,faça furos bem no centro delas e coloque nos furos as mudas envolvidas com o musgo.Todas as raízes deverão ficar cobertas pela terra.
  • Para terminar,envolva a bola de terra com o musgo vivo (não deixe espaços abertos),fixe com a linha de algodão verde,de maneira que mantenha  o musgo no lugar.
  • Depois disso pendure seu kokedama,de preferência em um lugar agradável e com sombra,lembrando que o importante é valorizar o vaso de terra e musgo.